quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Aluno de 10 anos atira em professora e depois se mata em escola em SP


Um aluno de 10 anos atirou contra uma professora e depois se matou, na tarde desta quinta-feira, na escola Professora Alcina Dantas Feijão, em São Caetano do Sul (Grande São Paulo).

http://f.i.uol.com.br/folha/multimidia/images/icn-podcast.gif'Todo mundo achou que fosse brincadeira', relata aluno
Garoto que se matou sofria bullying, diz polícia
Estado de saúde de professora baleada é estável
Aluno relata pânico e correria em escola da Grande SP
Aluno que se matou em escola era filho de guarda municipal

De acordo com a prefeitura, David Mota Nogueira --aluno do 4º ano-- disparou contra a professora Rosileide Queiros de Oliveira, 38, dentro da sala de aula, às 15h50. No momento do disparo, 25 alunos estavam na sala.

Em seguida, segundo informações da prefeitura, o aluno se retirou da sala de aula e disparou nele próprio, na cabeça. Ele usou um revólver calibre 38 do pai, que é guarda civil.

Segundo o secretário municipal de Segurança Pública, Moacyr Rodrigues, a arma é particular e não pertence à guarda.

Ambos foram socorridos com vida. O aluno foi atendido no Hospital de Emergência Albert Sabin, em São Caetano. Ele teve duas paradas cardíacas e morreu às 16h50, ainda de acordo com a prefeitura. A professora foi socorrida pelo helicóptero Águia da PM. Ela recebeu os primeiros atendimento em um hospital na região e, depois, foi tranferida para o Hospital das Clínicas, em São Paulo. Seu estado de saúde é considerado estável. Ela não corre risco de morrer.

A escola --de ensino fundamental e médio da rede municipal-- fica na rua Capivari, na altura do número 500, no bairro Nova Gerty.

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/979363-aluno-de-10-anos-atira-em-professora-e-depois-se-mata-em-escola-em-sp.shtml